quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O retorno da gata.


"Os olhos gulosos a devorar cada detalhe do mundo.
Este corpo irradiando paixão, sonhos e um ar de melancolia.
O caminhar vadio pelas ruas da cidade.
No peito pulsando o desejo de viver na batida de um blues.


Seus saltos-altos tocando o chão, tal qual os pés de uma leoa.
Ela saiu a caça esta noite, e se esgueira aqui e ali.
Os lábios vermelhos a cantar aquela melodia.
Sinuosa, enfeitiça os desavisados que a admiram.


Uma dose em seu copo e a fumaça a sua volta.
Faz do mundo seu parque de diversões.
Esta vida de sonhos partidos e ilusões passageiras é tudo o que ela tem,
Seu belo vestido negro, tudo o que ela realmente ama.


Quando ela fala, a todos conquista.
Pode ter tudo o que quiser em suas mãos.
Mas quando a noite termina vai embora como veio,
Pois até a gata sabe que até a Branca de Neve tem sua noite de Rainha Má."