quarta-feira, 21 de março de 2012

Mãe.


"Lhe vejo como um tesouro sem par,
Pois mesmo quando não lhe mereço,
Comigo sempre posso teu amor levar.

Nas horas boas, teu sorriso me ilumina,
Nas más, juntas podemos chorar.
E quando eu estiver perdida, é tua a mão a me guiar.

A ti o dobro da felicidade que me desejas.
Peço desculpas por tudo aquilo que lhe feriu.
Me amas por quem sou por completo,
E sem reservas deste tudo a mim.

Minha cara mãe e amiga,
Sorria, pois teu é meu maior bem-querer,
Saibas que mais que qualquer um na vida,
Conheces este coração, pois tu, o ajudou a nascer."