segunda-feira, 4 de março de 2013

Descanso

Te vejo dormindo tão despreocupado.
É tão bonito ver que deixou um pouco de lado o peso do mundo.
Os olhos cerrados e o rosto em paz enquanto sonha.
Tua mão pousada ali sobre meus ombros,
E mesmo longe da realidade, percebo teu carinho.

Aqui na nossa bolha, te vejo deixar cair a armadura.
E eu que enquanto me recuso a acordar, te observo,
Sinto a segurança que só posso ter ao teu lado.
E passo o tempo sonhando acordada.
Pudera fazer as horas pararem de correr.
E deixar apenas a vida e felicidade que me inundam se fazerem sentir.

Ainda aqui pousada em teu peito, 
Vejo a doçura que tão bem esconde do mundo.
E me alegro de que a guarda para mim.
E num aperto em teus braços sinto teu toque,
Sendo envolvida pelo teu cheiro tão especial.

Pena ter de quebrar a redoma que nos isola do mundo,
E te despertar com todo o carinho que guardo para ti.
Te chamando de volta à vida, vejo seu lindo rosto.
Seu olhar meio confuso ainda e com um beijo me cumprimenta.
Apenas para me fazer que perceber que contigo, vivo um lindo sonho.