terça-feira, 10 de abril de 2012

Pureza.

"Dei ao mundo um presente tal qual ninguém mais receberá.
Dediquei ao bem um coração puro, cheio de amor.
E de minha vida fiz apenas o melhor que pude.
Cuidei para que dor e mágoa, só passassem pelas minhas mãos se fosse para sarar.


Amei de peito aberto, e chorei sinceramente.
Me feri vez ou outra, mas sempre esperando pela cura.
Nunca perdi a fé em amar.
E sempre acreditei no melhor do mundo.


E hoje nos meus dias finais,
Olhando no espelho vejo o rosto de uma pessoa feliz,
E que mesmo cometendo uns erros tolos,
Nunca deixou de ser uma criança na alma."